Dentro do seu abraço

Index of /wp-content/uploads/2017/06

Dentro do seu abraço há um mundo inteiro

Todas as luzes e todas as cores que existem

Da mais pura paz do branco ao branco-azulado,

ao azul esverdeado alusivo a tantos mares acolhedores

Cores frias, cores quentes, tantas são as cores,

do veemente amarelo que acende todas as outras

aos mais intensos tons da paixão do vermelho e do roxo

E o repouso do preto total e aconchegante.

Dentro do seu abraço há um mundo inteiro

Todos os sons e notas musicais que existem

Da harpa celestial dedilhada por anjos do céu

quando me recosto em você no aconchego da paz

às melodias que cantam e choram amores idos e perdidos

 e aos mais estridentes e dissonantes acordes do rock

passando pelos convites do Bolero, tão fortes

à paixão dos acordes da Fantasia Improviso e ainda

aos mais intensos sons dos gemidos da paixão em brasa.

Dentro do seu abraço existe um mundo

Mais que apenas um simples mundo, mas muitos mundos

Mundos desconhecidos, sonhados, mundos conhecidos e vividos

da criança que um dia fomos e ainda a procuramos dentro de nós

dos jovens sonhadores esmagados pela dura realidade da vida

dos adultos que se pretendiam onipotentes e invencíveis

E hoje, já no nosso outono existencial, apenas conscientes

do nada que somos e do pouco que fizemos por nós.

Dentro do seu abraço existe um mundo

O mundo que nos resta neste final de vida

Que traz aconchego, reacende brasas adormecidas

Espalha as cinzas que cobriam o coração

E reaviva a paixão que ainda existe em nós.

Basta, para tanto, braços abertos e um sorriso verdadeiro

Que dizem: “vem” na acolhida apaixonada que

Cria todo esse mundo de encanto, que só existe

Dentro do seu abraço.

Sem palavras

Resultado de imagem para encontro mágico

Quando você chegar

Na hora mágica do nosso encontro

Não diga nada. Absolutamente nada.

Deixe que seus olhos digam o quanto me procuraram

E que sua boca sacie, na minha, a sede da caminhada

E que suas mãos em meu corpo demonstrem o tamanho

Da saudade que você sentiu de mim

Mas não fale nada. Absolutamente nada.

Apenas sorria pela felicidade do reencontro

Esse seu sorriso maroto e de garoto arteiro

Olhe nos meus olhos com seu olhar profundo

Que atravessa meu ser e chega à minha alma

Abrace-me com sofreguidão de quem nunca

Foi abraçado com paixão nessa vida

Beije-me com todo o desejo contido no universo

Não quero palavras vãs, não quero explicações frágeis.

Por isso, quando você chegar

Na hora mágica do nosso encontro

Não diga nada.

Nada precisará ser falado.

Aos pares

Resultado de imagem para aves voando aos pares

Pássaros livres, voando aos pares

Que assim escolheram viver, a dois.

A paixão que os liga e mantém juntos

Vive o agora, não pensa no depois

 

Fiéis um ao outro e a si mesmos

Voam leves e fugazes no infinito

Brincam com a vida, sempre felizes

 

Nada os preocupa nem tolhe

Suas asas lhe garantem o viver

Até que os separa a cruel pontaria

 

E vê cair, indefesa, de inopino

A companheira, no voo abatida,

Pela pedra do moleque do destino

Maldição

 

Resultado de imagem para morte

Quando meus olhos nada mais puderem ver

E meu sangue, congelado, deixar de correr,

Não chore por mim em nenhum momento

Nem me procure em outras mulheres

Porque fui única em tua vida

E como ninguém mais eu te amei

Se um dia o caminho se desfez em pó

E as pegadas então se apagaram

Perdemos o rumo um do outro

E conhecemos a solidão dos amantes separados

Em cada horizonte visualizei teu perfil

Busquei tua presença e me fiz ausência

Lua e sol se alternavam impassíveis

Poeiras de estrelas alegravam meus atalhos

E te busquei, te busquei em cada novo amanhecer

E te esperei a cada noite que chegava fria

Mas a vida, vazia de carinho, se esvaiu

E a vontade de viver desapareceu

Por isso eu parti – na hora devida

Nem antes nem depois, mas no momento exato

Sem gritos, sem ritos, sem alarde

No silêncio de uma alma enlutada

Só tenha a certeza que não fui feliz

E preferi ir embora desse viver em vão

Mas não precisa chorar por mim nenhuma vez

Porque te deixo a minha ausência concreta

E que terei morrido de tanto amar

E de quem morreu te amando jamais te esquecerás

Doce lembrança

Resultado de imagem para recordações

 

Quando a ausência se materializa

em forma de profundo silêncio,

e a indiferença ocupa todos os espaços,

finalmente você entende.

Entende que paixão foi a fumaça

que fez de conta que seria amor, e

que um vento leve apagou e espalhou

a chama vinda de outra presença…

O mundo tão rico, tão colorido

agora se apequena em tons cinzentos

e nada mais adianta nem vale a pena.

Da intensa descrença inicial

nasce a habitual tristeza.

E tudo o que não cabe mais na alma

jorra pelos olhos em lágrimas de sal:

A dor, a angústia, o vazio, todos crescem

e tomam conta do seu ser, da sua vida.

E, a cada lágrima que rola em seu rosto,

uma cicatriz de lembrança surge no coração;

até o dia em que mesmo essa dor,

tão doída, sofrida e esmagadora,

se torne, ela mesma, em sua existência,

mais uma doce recordação…

 

Verso e reverso

Resultado de imagem para paixão

Se um dia sou pura paixão,

No outro apenas sou tédio

Tempero o frio e o fervendo

Mas não deixo o morno vencer

Se a vida é corda bamba

Dispenso rede de proteção

Meus riscos, eu os corro todos

Não fujo de nenhum perigo

Muitos até preciso enfrentar

Porque sei que só verei o arco-iris

Se esperar a tempestade acabar

Não tenho rotina nem sou previsível

Do que a vida oferece, bebo até a última gota

Porque se hoje transbordo paixão

Amanhã serei apenas saudade