Texto de Cândido Arouca

Cair não é sinônimo de fraqueza.
Cair é uma virtude que só têm os que arriscam e investem.
Cair não pode ser encarado como um fracasso ou um falhanço.
Cair é em si mesmo um ato de coragem.
Cair é, só por si, uma atitude de quem ama a vida e arrisca tudo para ser feliz.
Cair tem uma enorme virtude que caracteriza um vencedor; permite que ele se levante sempre mais fortalecido, esclarecido e conhecedor das suas capacidades para vencer!
Quem nunca caiu nunca arriscou.
Quem nunca caiu nada fez em toda a vida para sequer tentar ser feliz.
Quem nunca caiu não conhece o verdadeiro sabor da vitória porque essa só se consegue após muitas tentativas falhadas!
Não tema, caia e levante-se tantas vezes quantas as necessárias para alcançar a felicidade!