Texto de Franciane Costa – Porta dos fundos

banco | Espaço Casa | Jardins pequenos, Passagens no jardim, Paisagismo

Não sei quando você vai chegar, nem mesmo sei se vai mesmo vir.

Mas quando resolveres que chegou a hora, te faço um pedido: entre pela porta dos fundos.

Achou estranho? Não, please, não ache que sou louca, (ou na verdade sou?!).

Quero que chegues no mais absoluto silêncio, que não chame atenção de ninguém, nem mesmo a minha.

Você chamaria muito a atenção se de repente entrasse pela porta da frente da minha vida, aliás, eu desconfio que há tempos ela está trancada…

Prefiro algo mais discreto, quero perceber sua presença somente quando estiveres aqui, e assim viveremos algo mais tranquilo, mais discreto.

Estou cansada dessas paixões avassaladoras, que quando vão embora levam todo resto consigo. Não quero mais isso na minha vida.

Por isso, te peço:

Entre pela porta dos fundos da minha vida, mas venha pra ficar.

(Imagem: banco de imagens Google)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s