Em noite de dançar

1368) Pintura com Diamantes - Casal Dançando - 20x30 cm

Há quanto tempo esses sapatos de dançar não saíam da prateleira… Só de isolamento já se iam 23 meses… e antes mesmo de começar essa história de covid, com festas de fim de ano, janeiro chuvoso, carnaval… realmente, há muito tempo não saíam para dançar.

Sempre dançaram muito. Afinal, eles se conheceram em um baile. E ele a chamou para dançar, e desde então, dançavam.

Em bailes, em academias de dança de salão, em festas, e até mesmo em casa.

Mas, quando se preparavam para saírem especialmente para dançar, até os sapatos eram especiais, com o solado apropriado, salto adequado e outro predicados.

Com uma ansiedade de adolescente, ela tomou um longo banho, fez uma maquiagem leve, prendeu os cabelos e passou seu perfume reservado para grandes ocasiões.

Vestiu-se com capricho, um vestido leve, esvoaçante, que a tornava uma etérea visão quando rodopiava nos braços dele em torno da pista de dança.

Por fim, sentou-se na beira da cama, calçou os lindos sapatos de dança, afivelou as tirinhas de couro que os mantinham firmemente presos aos pés.

Foi até o grande espelho do corredor e olhou para conferir se estava tudo direitinho como deveria ser.

Ouviu um assovio de aprovação e olhou para ele sorrindo.

Abraçaram-se e começaram a dançar ali mesmo, no estreito do final do corredor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s