Texto de Karla Thayse – Quero te dar chuva de flores

Quero te dar chuva de flores pela manhã.

E quando quiseres podes vir colher sorrisos direto do quintal da minha alma.

Nunca há de te faltar afeto.

E se murchar tua alegria, podes vir buscar uma muda no meu jardim para que a tua floresça outra vez.

Se te faltar o vento, eu te sopro carinho.

E se te faltarem as cores do dia, a gente pinta tudinho com tons de felicidade.

Lá do alto, não te deixarei olhar para baixo e mesmo que escorregues de uma nuvem molhada, eu não te soltarei a mão, não te deixarei cair.

Amizade é isso, teto firme no temporal, água para a sede no deserto, riso para enxugar a lágrima que cai.

(Imagem: foto de Maria Alice)