Se partires

Se fores partir, um dia, meu amor,

leva contigo essa ternura

Que dará aconchego nas noites frias e insones

Leva, também muito de todo esse imenso carinho

Que será o companheiro dos longos dias de solidão

Leva, meu amor, todas as lembranças que puderes reunir

Para pensar em um passado risonho e acolhedor

Leva faíscas desta minha impetuosa paixão

Que sempre esteve aqui acalentando nosso existir.

Quando partires, meu amor,

leva retalhos desse amor

Que acolheu, abrigou, e também tanto se doou.

Leva, ainda, um pouco da luz do meu olhar

Para iluminar os atalhos sombrios da amargura

Leva sempre contigo a imagem do meu sorriso

Que será alento e alegria nos dias de tristeza.

Leva contigo o canto do regato

e o pio do pássaro da madrugada

que tantas vezes juntos ouvimos

– a mim, me bastará o silêncio

da noite, eternizado em tua ausência.

Parta, meu amor, em busca do sonhado caminho

Onde não haverá lugar para mim junto de ti

Mas eu peço, meu amor, só um pedido eu faço:

Vai, mas sem olhares para trás depois do adeus

Deixa, aqui comigo, esperando a saudade que há de vir,

Ao menos todas as lágrimas que correrão ao te ver partir.