Minha solidão é só minha

Prisão - Joana D'arc

Quem é minha companhia, que nunca me abandonou?

Quem anda comigo na vida, não se afasta e não me deixa?

Aonde vou, vai a meu lado, onde para, ali faz morada?

Porque nunca vou só – ela, a solidão me acompanha.

Eu não temo a solidão – ela é a mais fiel companheira

Ensina-me do amor, ensina-me do amar, ensina-me do sofrer

Porque a solidão conhece todos os segredos da vida

Andou pelo mundo todo, passou por todos os corações

Esteve em todas as festas, acompanhou todos os enterros

E, desde sempre, não me deixa sozinha um instante sequer.

Por isso sigo tranquila, a solidão estará sempre a meu lado

E não, eu não tenho medo da solidão.

O que temo, nesta vida,

Do que realmente eu sinto medo, não é, e nunca foi da solidão

Na verdade, eu só tenho medo é do abandono…

Um comentário em “Minha solidão é só minha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s