Se…

 
 
 
 Se você surgisse como o sol dos meus dias
 Trazendo luz e calor para aquecer minha alma
 Eu poderia enxergar então uma realidade melhor
 Mas você não surge, ah, meu amor, você não surge
  
 Se você voasse comigo para outros mundos
 Juntos conheceríamos a verdadeira felicidade
 E nunca mais ficaríamos separados,
 Mas você não voa comigo, meu amor, não voa comigo
  
 Se você quisesse ser para sempre meu amor
 E andarmos todos nossos caminhos de mãos dadas
 Eu te cobriria de beijos e carinhos sempre,
 Mas você não quer, meu amor, você não quer
  
 Se você chegasse na minha noite de insônia
 E me desse todo carinho até me adormecer
 Colocaria cores e alegrias nos meus sonhos,
 Mas você não chega, meu amor, você não chega
  
 Se você viesse navegar comigo no meu barco
 Eu te contaria todas as histórias das sereias
 E te falaria o nome de todas as estrelas nas noites,
 Mas você não vem, meu amor, você não vem... 
(Guarujá, 01.01.2020)