Que se consiga esperar

Esperança.

Mirar o futuro.

Acreditar que tudo ficará bem.

Mesmo em tempos sombrios, ter a certeza do amanhã.

O contrário da esperança é a desesperança. O pior sentimento que pode tomar conta de uma alma. Porque desesperar – deixar de esperar – é reconhecer o fracasso, o vazio, a inutilidade.

Quem desespera, desiste. Não persevera.

O cansaço muitas vezes nos faz pensar em desistir. Se houver a firmeza de continuar, mesmo dentro do cansaço, sem desesperança, sem desistência, deixa-se a esperança triunfar. Porque para o cansaço, basta descansar. Não é preciso desistir.

Desistir é para os fracos. Os fortes enfrentam. Perseveram. Esperam com segurança ou esperança.

A esperança faz a diferença entre fortes e fracos, vencedores e perdedores.

Porque desistir é perder antecipadamente.

E agora, quando o mundo atravessa momento difícil, o que mais se vê é desesperança, cansaço e desistência.

Os que conseguirem prosseguir buscando um caminho, vencerão. Os demais já estão mortos, ainda que nem tenham sido contaminados pela peste.

Viver sem esperança é estar morto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s