Louca

Blog Cariri : Mendiga morre e deixa fortuna de R$ 2,33 milhões

“Lá vai a louca” todos dizem, alguns até com compaixão

Será louca, será sã, será lúcida? Como saber

Segue sem destino, sem ver e sem ouvir e sem falar

Mão crispadas, braços endurecidos, corpo curvado

“É louca”, repetem. Ela vai adiante, sem ter onde chegar.

Ela amou. Amou alguém apaixonadamente, mais que a si

Amou muito mais do que alguém já amou um dia

E esperou e acreditou. Por isso muito sofreu.

Para não ver sua partida, ela arrancou os olhos

E estourou os ouvidos para não ouvir o adeus.

Cortou a própria língua para não implorar que ficasse.

Seus braços e mãos se contraíram, para não mais abraçar

Calou na alma todos os tormentos, morreu por dentro

E desde então anda, a esmo, pelas ruas, calada, cega e surda.

“Ela é louca”, todos dizem. Mas ela não os ouve, sequer os vê

Mal pressente os perigos, escorraçada, por vezes apedrejada

Nada sente, nenhuma dor. Esgotou a capacidade de doer

De sentir, de chorar, de se lamentar. Nada lhe resta.

“É louca”. Não, não é mais louca. Agora é só uma coitada

Foi louca, sim, um dia em seu passado,

Louca quando amou mais do que devia.


 

Um comentário em “Louca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s