Dia de Poesia – Miguel Torga – Inverno

Apagou-se a fogueira.

Que frio na lareira

Do coração!

Neva

Na solidão

Da vida

E o vento traz e leva

Um recado de eterna despedida.

Amor! Amor!

Sei ainda o teu nome redentar,

Chamo ainda por ti a cada hora!

Arde outra vez em mim

Como ardias outrora,

Nos dias de ventura. Não me deixes assim

Nesta algidez de morte prematura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s