Memória – poema de um ano atrás

Resultado de imagem para indo embora
Quando for partir 

 Deixe todo o peso, todo o excesso para trás e parta
 Tudo o que faz mal, tudo o que angustia deve ficar
 Não leve a poeira de antigas paixões já vividas
 Nem a tristeza de tudo que morreu antes de florescer

  
 Não leve nada do que nunca mais usará na vida –
 Sejam amizades vencidas, amores rompidos, roupas apertadas,
 Cadeiras desconfortáveis, louças quebradas, perfumes usados.
 Faça uma nova bagagem, leve e prazerosa, do que é necessário
  

 Leve apenas essa alegria e essa sede infinita de viver que você tem
 Leve ainda as cobertas que sempre afastaram o frio e aqueceram sua alma
 E também as lembranças de todos os momentos felizes que viveu

  
 Se é para uma nova vida, a partida é um verdadeiro rompimento.
 Lembre-se de deixar livre um espaço para um novo amor apaixonado
 E faça, com toda sua força, desse momento um renascimento.