Dia de poesia – Carlos Nejar – Aqui ficam as coisas

Constelações: conheça as principais e veja fotos - Estudo Prático

Nossa sabedoria é a dos rios.

Não temos outra.

Persistir. Ir com os rios,

Onda a onda.

 

Os peixes cruzarão nossos rostos vazios.

Intactos passaremos sob a correnteza

feita por nós e o nosso desespero.

Passaremos límpidos.

 

E nos moveremos,

rio dentro do rio,

corpo dentro do corpo,

como antigos veleiros.

 

Aqui ficam as coisas.

 

Amar é a mais alta constelação.

 

Os sapatos sem dono

tripulando

na correnteza-espaço

em que deitamos.

 

Os corpos

circulando

na varanda dos braços.

 

É a mais alta constelação.