Dia de poesia – Antonio Feijó

Derruba a tua muralha
Descansa a tua defesa
Desnuda te
Não  o teu corpo 
Mas o teu ser
Vem ao meu encontro
Com calma
E com alma.

(Imagem: banco de imagens Google)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s