Inútil

Não é o grito,

mas o desespero de quem grita

Não é o soluço,

mas a tristeza de quem chora

Não é o sangue

mas a dor de quem se machuca…

Se eu pudesse ver sempre o que há

por trás dessa máscara que todos trazemos,

descobrir onde há paz, repouso e descanso

e levar todos até lá;

e, além da força dos meus braços,

pudesse então ofertar meu abraço…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s