Eu sou funcionário, ela é bailarina

Em continuação ao post de 03.02.2020, sobre viver juntos/separados, 

veio-me à memória essa canção do Chique Buarque, que trata desse tema (clique no link para ouvir):

O nosso amor é tão bom / O horário é que nunca combina
Eu sou funcionário / Ela é dançarina
Quando pego o ponto / Ela termina
Ou: quando abro o guichê / É quando ela abaixa a cortina
Eu sou funcionário / Ela é dançarina
Abro o meu armário / Salta serpentina
Nas questões de casal / Não se fala mal da rotina
Eu sou funcionário / Ela é dançarina
Quando caio morto / Ela empina
Ou quando eu tchum no colchão / É quando ela tchan no cenário
Ela é dançarina / Eu sou funcionário
O seu planetário / Minha lamparina
No ano dois mil e um / Se juntar algum
Eu peço licença / E a dançarina, enfim
Já me jurou / Que faz o show / Pra mim
Ela é dançarina / Eu sou funcionário
Quando eu não salário / Ela, sim, propina
Eu sou funcionário / Ela é dançarina
Quando esquento a sopa / Ela cantina
Ou quando eu Lexotan / É quando ela Reativina
Eu sou funcionário / Ela é dançarina
Viro o calendário / Voa purpurina
No ano dois mil e um / Se juntar algum
Eu peço uma licença / E a dançarina, enfim
Já me jurou / Que faz o show
Pra mim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s