Do pensar

Pensar compulsivo, o maior dos vícios! - Descondicionamento

Não sei se faz bem pensar muito. Ou esse meu estranho hábito de pesar, analisar, classificar e arquivar tudo é um vício a ser combatido? E o que é pior: isso não é feito no sentido estritamente racional, mas com o agravante das emoções. Por isso a vida machuca. O existir dói tanto.       

Rapida ou lentamente os dias – pétalas do tempo – se desprendem e vão deixando a tristeza de um tempo já passado, mas não necessariamente vivido. E tudo se arquiva nos escaninhos do pensamento.       

Como o sabor de um doce já acabado, o gosto procurado em vão nas memórias trazidas nos inúteis alforjes invisíveis que carregamos vida afora.       

A vida é tão curta, tão frágil e sem sentido, que nos perdemos tentando segurá-la ou prolongá-la, ignorando a grande verdade: não depende de nós.       

E o pensamento nos persegue, nos tortura, durante todo nosso existir. Não há como interrompê-lo. Assim como respirar, pensamos 24 horas por dia. E não conseguimos sequer domar os pensamentos. Quantas vezes tentamos afastar alguns, que insistem, como se fossem incômodas moscas, a voltear em nossa cabeça. Mas eles voltam. E, comodamente se instalam como obsessões, para torturarem sem piedade.          

Imaginamos controlar o pensamento com técnicas de meditação e outras invenções. Mas na primeira obsessão vemos que nada foi domado. O pensamento domina a mente, a vontade, a alegria de viver. Alguns problemas se destacam e se sobrepõem a tudo, deixando-nos cegos a tudo o mais. Tornam-se o centro do viver e minam a vida hora após hora.

A espiral do pensamento toma conta do instante presente e aniquila o futuro.       

Como seria bom desligar o pensamento por algum tempo, como se apaga a luz ou se desliga um celular para que não incomode! Ficar algumas horas ou mesmo alguns dias sem pensar.

Não pensar absolutamente nada. Ficar exatamente como um aparelho desligado.       

E, nesse tempo, não pensar, não sofrer, não doer…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s