Quando…

Quando nossos ventres, unidos,

nos tornam apenas um,

em um encontro de amor 

Quando você vem e eu o recebo,

num abraço de paixão e acolhimento 

Quando as estrelas tocam o chão

e a lua, discreta, se esconde

fazendo a noite mais escura, 

é o momento infinito

em que eu mais e mais amo você

(Imagem: foto de Maria Alice)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s