Dia de poesia – Alfred de Musset – Mars

Não quero ser pessimista.

Mas esse 1° de março não traz esperança – impossível não me lembrar de 1° de março de 2020, tantas alegrias, tantos planos, hotéis reservados, passagens compradas, e, como um inesperado soco na cara, o isolamento, a derrocada de tudo, um país de joelhos, um povo amordaçado e dominado pelo terror e pelo medo e tudo cancelado.

Tantos sonhos desfeitos, encontros adiados, emoções sufocadas.

Mesmo assim, nesse março cinzento que hoje se inicia, posto Alfred de Musset, para trazer um pouco de ternura ao coração.

Pode ser uma imagem de texto que diz "MARS Ah Que MARS est un joli mois! C'est le mois des surprises, Du matin au soir dans les bois Tout change avec les brises Le ruisseau n'est plus engourdi; La terre n'est plus dure le vent qui souffle du midi Prépare la verdure. Alfred de Musset Magie du Son et de I'Image"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s